Concelho da Maia

Opinião

Aconteceu no final do mês de outubro de 1979. Pela primeira vez – e, até hoje, a única no nosso país – as trabalhadores domésticas juntavam-se no Pavilhão dos Desportos de Lisboa para realizar o seu primeiro congresso nacional, sob o lema “Dizemos não à servidão”. Nos meses anteriores, o Sindicato do Serviço Doméstico multiplicara reuniões preparatórias e, em junho desse ano, lançara um Inquérito à Opinião Pública, que pretendia formar as delegadas sindicais no contacto com a população, pô-las a socializar, a comunicar na rua, a fazer entrevistas e a distribuir material, a chamar a atenção da sociedade para o Congresso.

não disponível

Resoluções Mesa Nacional

Destaque

Escola EB1/JI da Maia
COVID-19

O representante do BE na Assembleia de Freguesia da Cidade da Maia propôs uma Moção pela disponibilização de testes gratuitos a professores, assistentes operacionais e alunos.

O documento foi aprovado por maioria, com 3 abstenções.

Notícias

Assembleia Municipal

O Bloco de Esquerda recomendou ao executivo a adoção de 8 medidas que visam proteger famílias e empresas e apoiar os munícipes mais afetados pela crise, abrangendo as áreas da saúde, ambiente, economia, habitação, violência de género e desporto.

A recomendação proposta foi rejeitada por maioria, com os votos contra da coligação PSD/CDS-PP e os votos favoráveis dos restantes Grupos e deputados municipais.

deputada bloquista lendo a moção
Assembleia Municipal

O Grupo Municipal do Bloco de Esquerda manifestou o seu protesto pelo reiterado incumprimento do Estatuto do Direito de Oposição por parte do executivo PSD/CDS-PP.

igreja de S. Pedro Fins
Assembleia Municipal

O Grupo Municipal do Bloco de Esquerda lembrou o executivo de que não tem respondido às perguntas sobre a Siderurgia Nacional que por diversas vezes colocou.

O BE quer saber que investimentos estão previstos e que trabalhos estão a ser realizados e se os mesmos preveem a instalação de uma estação de controlo da qualidade do ar e ruído.

entrada da Maiambiente
Câmara Municipal

Em 2019, a Maiambiente foi a segunda empresa municipal com o resultado económico mais fraco do país.

Os SMEAS estão em 3º lugar entre aqueles que registam o maior passivo exigível do país.

Os resultados financeiros das empresas municipais da Maia são fonte de preocupação para o BE e devem levar à reflexão sobre a necessidade e o propósito da existência de tantas empresas detidas pelo Município.

Representação de IMI
Assembleia Municipal

Atenta a situação de crise económica e social, resultante da pandemia, o Grupo Municipal do Bloco de Esquerda defende que a Câmara da Maia deve ser mais audaciosa na redução do IMI.

O Grupo Municipal do BE considerou ainda não haver motivo de receio em apoiar as empresas através da descida da Derrama.

Votação em assembleia de mão no ar
Assembleia Municipal

Para o Bloco de Esquerda, a aprovação do Regulamento do Orçamento Participativo Jovem não substitui nem diminui a importância da adoção, pelo Município, de um Orçamento Participativo, que "não pode nem deve segregar gerações".

símbolo e classificação do Portal da Queixa
Câmara Municipal

A Câmara Municipal da Maia é uma das autarquias do Distrito e da Área Metropolitana do Porto com pior índice de satisfação dos munícipes no Portal da Queixa.

Nos últimos 12 meses, a taxa de resposta às queixas apresentadas foi de apenas 6,9%.

Vídeos

Assinalando o crescimento contínuo da receita global da Derrama no Município da Maia, o BE entende que o executivo não deve mostrar receio de reduzir as taxas deste impostos para promover o emprego no contexto da crise pandémica. Assim, o Grupo Municipal do Bloco de Esquerda propôs a isenção até aos 50.000€ de lucro, a isenção entre os 50.000€ e os 150.000€ na condição da criação de pelo menos 1 posto de trabalho permanente ou 2 não permanentes com duração mínima de 1 ano e a aplicação da taxa de 1,5% para as empresas com lucros acima dos 150.000€.

20.11.2020